© Filipa Brito

O Bolhão espera por si aqui

1 de maio de 2018

Esta quarta-feira o processo de restauro do Mercado do Bolhão passa a uma fase importante, com a abertura do Mercado Temporário, a poucos metros do velho mercado. Para os vendedores, que hão-de regressar dentro de dois anos à tradicional casa, estão criadas as melhores condições. Marcelo Rebelo de Sousa acompanhará Rui Moreira na visita de abertura, às 11 horas.

 

Situado na Rua de Fernandes Tomás, o novo espaço fica a menos de 200 metros do edifício histórico do Bolhão, já encerrado desde sábado, para que possa beneficiar de um exigente projeto de restauro que assegura as suas valências tradicionais de mercado de frescos, público e gerido pela Câmara do Porto, como até aqui.

 

Para assinalar a curta distância a que fica o Temporário do edifício original, foi pintado o chão da Rua Fernandes Tomás o novo caminho até aos comerciantes. Basta seguir a quadrícula.

 

Porque a vida do Bolhão não pára, está a decorrer uma campanha de promoção do novo espaço. 500 múpis estão espalhados pelas ruas da cidade, há ativações em estações do Metro do Porto e comunicação nos media tradicionais e meios digitais.

 

Por isso, a partir de amanhã, visite o Mercado Temporário do Bolhão e não deixe, desta forma, de assegurar o futuro da alma do mercado tão amado pelos portuenses.

Fique informado sobre as atividades do mercado.

© 2018 • Todos os direitos reservados.