Primeiras obras

26 de fevereiro de 2016

A Câmara Municipal do Porto lançou o concurso público para o desvio de uma linha de água que atravessa o mercado do Bolhão no subsolo, numa empreitada prévia à da reabilitação daquele espaço emblemático da cidade.

 

As obras subterrâneas, com a provável intervenção de uma tuneladora para desviar a linha de água que será encaminhada pela Rua Sá da Bandeira, vão permitir uma intervenção no mercado mais segura e possibilitar a construção de uma cave logística no subsolo (cargas/descargas e áreas técnicas).

 

O valor do preço base do procedimento de "desvio de infraestruturas de águas residuais pluviais no mercado do Bolhão" é de 875 mil euros e tem um prazo contratual de 240 dias, segundo o anúncio do concurso publicado em Diário da República.

 

A realização dos trabalhos previstos não implica, ainda, a saída dos comerciantes, ficando sempre garantido o acesso ao mercado e a todas as lojas do exterior.

Fique informado sobre as atividades do mercado.

© 2018 • Todos os direitos reservados.